Pesquisa personalizada

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

O Curioso Caso de Benjamin Button(The Curious Case of Benjamin Button)

O filme é notoriamente simples, tirando, é claro, o fato de Benjamin(Brad Pitt) envelhecer de trás pra frente, e é nessa simplicidade que está toda a maravilha desse filme que conta a história de um homem que nasce com um corpo de uma pessoa de 80 anos e quanto mais sua idade aumenta mais jovem ele fica. Esse "envelhecimento" é retratado com as viagens de Benjamin e com as pessoas que ele conhece no decorrer da história, tudo isso com uma excepcional magia que há muito eu não via em um filme.Fica difícil falar mais sobre o filme pois como eu disse ele é bem simples e mostra apenas a história de um homem que sai pelo mundo e de uma mulher (Cate Blanchett) que desde a infância esteve ligada a Benjamin. A grande sacada do filme está nos efeitos especiais que são simplesmente perfeitos, pois em nenhum momento do filme você nota algum tipo de montagem, nem quando Benjamin é pequeno e muito menos quando ele já é adulto(não é è toa que levou o Oscar por isso). A direção é de David Fincher (Zodíaco, Clube da Luta, Seven - Os Sete crimes Capitais).

P.S.: Não sei se interessa pra todo mundo mas eu notei algo bem legal no pôster do filme, a palavra "Vida" está escrita duas vezes mas no rosto de Benjamin ela está ao contrário o que pode significar que ele segue sua vida assim.
video

FICHA DO FILME

  • Título original: The Curious Case of Benjamin Button
  • Diretor: David Fincher
  • Elenco: Brad Pitt, Cate Blanchett, Julia Ormond, Taraji P. Henson, Elias Koteas, Jason Flemyng, Tilda Swinton
  • Gênero: Drama
  • Ano: 2008
  • Cor: Colorido
  • Classificação: Não recomendado para menores de 12 anos
  • País: EUA

2 comentários:

Josué Pdias disse...

Assisiti ao filme no cinema, estava curioso para saber como alguém poderia nascer "velho" e morrer "novo".Saí de lá acompanhando a crítica, que "detonou" o filme, que concorria ao Oscar juntamente com "Quem quer ser um milionário", este premiado com 11 estatuetas.Segundo a crítica, um filme de 3H de duração, e "recheado" de efeitos especiais, não agradou tanto quanto o longa indiano, com a sua comovente estória.

Fico com "Quem quer ser um milionário".
Valeu!

Alexandre Petiz disse...

Fui ao cinema assistir achando que se tratava de uma comédia com toques dramáticos. Tive uma surpresa ao constatar que era um drama, e dos bons. Já assisti duas vezes e em ambas terminei emocionado. Um filme tocante, original e nada piegas.

Postar um comentário