Pesquisa personalizada

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Encurtar URL para o Twitter

Sabe quando você quer mandar um link pelo twitter e os 140 não deixam? Pois então aqui está a solução. O site TinyURL faz isso pra você, é só colocar a url orginal no espaço indicado, clicar em "Make TinyURL!" e ZWAKSTSH!!! está pronta a nova, e pequenina url pra você usar como quiser.

Ir para o TinyURL.

Avatar parece ter sido copiado de HQ da Marvel

A notícia já rola na internet e parece que james Camerom pode ter copiado a história e o visual do filme Aavtar da HQ Timespirits da década de 80. Fazer o que, isso sempre foi assim, a maioria das grandes histórias sempre tiveram suas sósias em um determinado período do tempo, pegue o "Alladin" da Disney como exemplo ou o livro "O Alquimista de Paulo Coelho". Pena que não conheço a HQ senão poderia comparar depois de assistir ao filme. Valeu! ; ) A informação veio do blog ALBOTAS.




















segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Blogo quando dá!

De acordo com minha última postagem eu não me sentia muito motivado com as coisas que eu gosto, acabei descobrindo a causa. Eu comecei a tratar as coisas que gosto como se fossem obrigações, ou seja, eu me obrigava a assistir filmes, me obrigava a blogar, me obrigava a ler e, quer saber? - que se dane - a partir de agora só faço o que eu quiser e quando eu quiser. Sim vou continuar blogando mas vou blogar somente quando eu estiver realmente com vontade para que, assim, eu possa blogar sempre.
Obrigado a todos que continuam visitando o CulturiFique e felicidades.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Sorry! - Assim que der eu volto.

O pessoal que vem acompanhando o blog por mais tempo deve ter notado a diminuição na quantidade de postagens. Pois é o seguinte, ando meio desmotivado, até mesmo para as coisas que mais gosto, e não tenho tido boas idéias para pôr aqui no CulturiFique, então se é pra postar qualquer coisa eu prefiro deixar em branco.
Assim que eu me curar dessa nuvem negra volto à postar mais alguma coisa.
Agradeço do fundo de minha alma a todos que vem lendo meus artigos e sugiro que, por enquanto, dêem uma olhada nas postangens antigas, tenho certeza que vão achar algo que lhes interesse no fundo do baú.
Obrigado mesmo. Até.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Arrasta-me Para O Inferno - Drag Me To Hell

Não lembro se já comentei aqui que não curto muito assistir filmes de terror (provavelmente porque a maioria é extremamente ruim) mas, sempre que possível, dou uma chance ao gênero e, fatalmente, acabo me deparando com pérolas como essa que é "Arrasta-me Para O Infermo" dirigido por Sam Raimi (da trilogia Homem-Aranha e Uma Noite Alucinante.
"Arrasta-me" tem tudo o que um filme de terror pode querer e ainda conta com uma comédia de gargalhar em várias cenas. Durante as sequências de suspense que culminan no já esperado terror é impossível não ficar na ponta da cadeira e voltar pra trás com o susto. E nas nojentas cenas de comédia é fácil fácil dar uma boa risada.
A trama do filme narra a história da aspirante a gerente assistente Christine Brown (Alison Lohman) que, devido à pressão que a iminente promoção no banco está provocando, nega crédito à uma velha senhora que, como vingança, amaldiçoa a pobre Christine com o demônio Lâmia que, segundo a lenda, virá, depois de três dias de muito susto e tormento, buscar sua alma e levar direto pro inferno. Na tentativa de se livrar da maldição ela conta com a ajuda de seu namorado Clay Dalton (Justin Long) e do guru Rham Jas (Dileep rao). Um ótimo filme de terror que dá pra assistir com toda a família (classificação 14 anos).

Só evitem comer enquanto assistem. ; )

video

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Up - Altas Aventuras

Up é, de longe. o melhor filme de animação do ano. Carregado de sentimentalismo, o filme faz brotar as lágrimas já nos primeiros minutos com a carismática história de amor entre Carl Fredricksen (Edward Asner) e Ellie (Elie Docter) tentando fazer ser real a viagem para Paradise Falls -o sonho de infância dos dois. Com o passar dos anos e as jogadas do destino Carl é obrigado a ir para um asilo e acaba fugindo desse triste destino levando sua casa, as lembranças de Ellie e, de carona, o "explorador selvagem" Russel (Jordan Nagai) que acaba atrapalhando e, também, ajudando muito o velhote ranzinza. A viagem dirigida por Pete Docter e Bob Peterson os leva por muitas aventuras que acontecem em uma floresta da América do Sul onde, agora, o grupo é acrescido pelo cão falante "eu não te conheço e já te amo" Dug (Bob Peterson) e pela rara ave Kevin. Nossos amigos enfrentarão muitos perigos durante o tempo que passam tentando completar o sonho do casal mas, acima de tudo, eles vão evoluir muito, pois deverão enfrentar muitos de seus próprios conceitos para tomar as decisões certas e que nem sempre são as mais fáceis.
Um filme sobre desapego, perseverança e evolução pessoal que, com certeza vai agradar dos 2 aos 100 anos de idade. Valeu. ; )

Veja também:
Monstros vs Alienígenas

A Era do Gelo 3

video

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Morte, sim, morte e daí?

Faz algum tempo eu li um livro chamado "Bushido - O Caminho do Samurai" que trata sobre os costumes do samurai nos tempos do japão feudal e, nele, dizia que um samurai estava sempre ciente de sua morte e, por isso, não se importava com ela. Tá certo que durante o livro eu comecei a notar que os samuras não eram tão legais como eu achava, pois os caras pareciam uns mortos-vivos, ou seja, estavam ali servindo e protegendo o senhor feudal mas não se preocupavam muito com suas próprias vidas.
O que eu realmente quero dizer com esse parágrafo aí em cima é que antes de ler o livro eu já achava que não devemos esconder a morte dentro de uma gaveta mofada de nossas mentes mas, sim, estarmos cientes de que ela está aí à todo momento e esteve desde o surgimento da vida. Sabe aquela sua tia que fala "- Vamos parar de falar nessas coisas" quando alguém começa a puxar o assunto (morte)? Pois é, é disso que estou falando, ninguém vai morrer só por falar nisso.
Concordo que esse momento, pra quem fica vivo, é muito doloroso mas acho que se conversássemos mais sobre isso a dor seria menor pois já "saberíamos" de antemão que "a donzela" chegaria e nos levaria o ente querido.
A dor deve ser maior para aquelas pessoas que se prendem na morte de alguém, que nunca esquecem, que dizem que tudo era melhor quando ela estava viva e que não sentem vontade de fazer nada pois não tem mais motivo. Essas pessoas se esqueceram "dela" e, sei lá, achavam que iam viver para sempre.

Nós precisamos ter a plena consciência de que quando um filho, irmão, pai e/ou mãe saem de casa eles podem não voltar.

Resumindo, ninguém morre por falar de morte mas acho que quanto mais falarmos e discutirmos o assunto mais sentido terá nossa existência e, talvez, deixaríamos de agir como se fôssemos uma criança mimada que chora e esperneia quando seu castelinho desaba.

Não se esqueça: você vai morrer, eu vou morrer, todos vamos mas isso não quer dizer que não podemos ter uma bela e iluminada vida. Forte abraço! ; )

sábado, 21 de novembro de 2009

Ecotelhado - Telhado Ecológico

O CulturiFique está sempre dando uma forcinha na ecologia e hoje vamos dar uma comentada sobre o telhado ecológico que nada mais é que uma espécie de capa de plantas de pequeno porte postas sobre o telhado convencional. Claro que não é só sair jogando mato em cima da casa que já tá feito o carreto, não é bem assim, antes de ser instalado o ecotelhado sobre a estrutura da casa é preciso verificar se as mesmas comportam o peso do material e outros detalhes mais. No site Ecotelhado você encontra mais informações sobre o telhado e também sobre paredes e pisos ecológicos. Segue abaixo uma pequena lista com os benefícios do telhado e agente fica aqui torcendo pra essa idéia se espalhar logo. Valeu.
  • Qualidade do ar: Através da fotossíntese e da aderência dos poluentes ao substrato, os telhados verdes agem como purificadores do ar urbano. O telhado vivo é também um aprisionador de carbono.
  • Benefício Educacional: O telhado ecológico é a metáfora da sustentabilidade com efeito pedagógico para gerações futuras sendo, portanto, a cobertura ideal para prédios institucionais e escolas.
  • Proteção do prédio: A cobertura vegetal em um prédio elimina a concentração de calor evitando a dilatação e protegendo o prédio contra trincas. O substrato absorve também as chuvas ácidas. Estes dois fatores elevam a vida útil da construção.
  • Pluvial: Pela retenção de água e diminuição do fluxo a laje vegetada contribui de forma muito significativa no escoamento de água da chuva conforme pode se constatar no estudo do IPH.
  • Biodiversidade: Com o crescente desenvolvimento das cidades e de áreas rurais, espécies vegetais e animais têm sido expulsas de seu habitat natural. A cobertura vegetal ou telhado de grama é ferramenta fundamental para a sobrevivência e continuidade da manutenção da vida no conceito urbano que se forma a partir de agora. O telhado ecológico é a solução para cidade moderna.
  • Acústica: O teto verde diminue a reverberação ao absorver e isola ruídos.
  • Aquecimento Global: O telhado verde diminui significativamente a necessidade de energia para climatização de ambientes, contribuindo assim para a diminuição de emissão de CO2 e de suas conseqüências.
  • Conforto Térmico: O telhado verde proporciona excelente conforto ambiental , pois além do isolamento térmico, ele age por evapo-transpiração, perdendo a energia de evaporação da água por ele retida. O telhado vivo também consome energia pela fotossíntese.
  • Ilhas de calor: Pela evapo-transpiração auxilia no arrefecimento de centros urbanos. A continuidade dos telhados ecológicos na cidade influi muito significativamente para o conforto ambiental das áreas mais urbanizadas.
  • Valorização do Prédio: Pelos seus benefícios confere ao prédio um maior valor no caso de venda.
  • Arquitetônica: O telhado ecológico aparece como tendência arquitetônica em um ambiente urbano saturado de concreto, metal e vidro, fazendo um contraponto de cor, vida e renovação. Nova opção de design para indústrias, residências e fachadas devido à variedade de plantas e folhagens possíveis. Cria visual paisagístico em um espaço antes inutilizável. Fácil de instalar, prático e inteligente, totalmente integrado na paisagem. Os telhados verdes ao invés de disputar com a natureza, a usam em benefício da cidade.
  • Psicológica: O ser humano reage positivamente a espaços naturais verdes, opondo-se a aridez do concreto e do asfalto. Aumenta o senso de comunidade. Pesquisas apontam a rapidez de curas em hospitais onde os pacientes tem a oportunidade de entrar em contato com áreas verdes. O telhado de grama ou ecológico é a realização da utopia de viver em meio à natureza mesmo cercado de prédios.
  • Lazer: No caso de laje plana o telhado de grama se transforma em uma área de lazer.
  • Produção de Alimentos: A cobertura verde pode ser aproveitada para horticultura com grandes vantagens principalmente no caso de projetos de casas populares. A produção de alimentos próxima ao consumo, tem sido apontada com elemento de sustentabilidade na idealização da cidade do futuro.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Rio Grande Véio Sem Portera

Pra quem não conhece nosso representante de tinta e papel, tá aí mais um costume do Tapejara.

Inimigos Públicos - Public Enemies

Gosto de filmes sobre mafiosos desde que assisti ao "O Gângster" com Denzel Washington e Russel Crowe e já havia assistido "Donnie Brasco" com Johnny Depp, que é o protagonista em "Inimigos Públicos", e esse mesmo não deixou nada a desejar. Tanto interpretações quanto figurino, fotografia e trilha sonora estão absolutamente incríveis e nos transportam diretamente para a década de 30 com seus carros e suas "tommy guns" e, por mais incrível que possa paracer, as cenas de tiroteio e perseguição são de tirar o fôlego. Digo incrível porque nenhum carro andava muito rápido naquela época, mas o diretor Michael Mann (de "O Último dos Moicanos" e "Colateral") faz maravilhas com o filme e põe o espectador dentro das cenas.
O Filme retrata a "carreira" de John Dilinger, assaltante de bancos e homem visto pelo povo como uma espécie de Robin Hood e seu estilo de vida desenfreado sem muitas preocupações com o amanhã que, agora, tem em seu encalço o burocrata J. Edgar Hoover (Billy Crudup) que está disposto a erguer o nome do FBI e acaba transformando Dilinger no inimigo público nº1 dos EUA. Para garantir a captura de Dilinger, Hoover contrata o policial Melvin Purvis (Christian Bale) que também se torna obcecado pelo caso. Para enrolar um pouco mais as coisas Dilinger se apaixona pela moça do vestido de $ 3,00 Billie Frechetti (Marion Cotillard) que acaba apimentando um pouco mais a história.

Nota especial para o final do filme (no spoilers), que parece se encaminhar para aquele fim clássico de história baseada em fatos reais que deixa aquela senção de "já acabou", mas tem uma cena sutil que dá todo sentido à trama, por isso, prestem atenção na música que toca quando Dilinger e Frechetti se conhecem.

video

sábado, 7 de novembro de 2009

A Menina que Roubava Livros - Markus Zusak

Foi com lágrimas nos olhos e aquela sensação de "que joça, já tá acabando" que terminei a leitura de "A Menina que Roubava Livros" de Markus Zusak.
Além de incrivelmente bem escrito o livro conta com uma narrativa muito gostosa de ler pois o autor, durante o texto, dá características dos personagens em pequenos textos dentro do parágrafo e ainda consegue, sem tirar nada do suspense da trama, adiantar acontecimentos que só ocorrerão páginas à frente.
Quem conta a história da nossa roubadora de livros, a senhorita Liesel Meminger que vai parar em Molching, Alemanha,(mais exatamente no nº 33 da rua Himmel) é a morte em pessoa( ou seja lá o que for). Liesel está lá por causa da segunda guerra e é deixada por sua mãe sob a guarda de uma família adotiva. Com essa família Liesel vai descobrir muito sobre a vida, sobre as pessoas, sobre a guerra e sobre roubar livros. No decorrer da obra nossa protagonista "encontra" vários livros e várias pessoas que marcarão sua forte história para sempre. Escolhi esses dois trechos da história para tentar ilustrar um pouco melhor o clima do livro:

"Provavelmente, é lícito dizer que, em todos os anos do império de Hitler, nenhuma pessoa pôde servir ao Führer com tanta lealdade quanto eu. O ser humano não tem um coração como o meu. O coração humano é uma linha, ao passo que o meu é um círculo, e tenho a capacidade interminável de estar no lugar certo na hora certa. A conseqüência disso é que estou sempre achando seres humanos no que elses têm de melhor e de pior. Vejo sua feiúra e sua beleza, e me pergunto como uma mesma coisa pode ser as duas. Mas eles têm uma coisa que invejo. Que mais não seja, os humanos têm o bom senso de morrer."

"Muita gente me perseguiu nessa época, invocando meu nome, pedindo-me que eu os levasse comigo. E havia também a pequena percentagem que me chamava de vez em quando e sussurrava com a voz estreitada.
- Leve-me - Diziam eles, e não havia como detê-los. Estavam apavorados, não há dúvida, mas não tinham medo de mim. Era o medo de estragarem tudo e terem que se enfrentar novamente, e terem que enfrentar o mundo, e gente como você."

Mas não vão pensando que o livro é somente essa coisa sombria, tem muitos momentos de glória como quando Max, o judeu do porão, luta num ringue de boxe contra o próprio Hitler ou quando Rudy, melhor amigo de Liesel, se transforma em Jesse Owens para vencer as olimpíadas.
Em resumo, um ótimo livro que nos possibilita rir, chorar e averiguar a nossa condição humana. ;)

Campanha Anti-Pirataria - Parte 2

Hoje venho dando continuidade a minha singela campanha anti-pirataria com os seguintes temas:

- Preço dos DVD's
- Qualidade do conteúdo dos DVD's

Preço dos DVD's:

Pra quem não sabe eu trabalho com videolocadora e, pra nós, o preço dos filmes é exorbitante. Provavelmente muitos de vocês não saibam mas um lançamento tipo Wolverine, Inimigos Púplicos e os demais custam, em média, R$ 115,00 O_o, isso mesmo cento e quinze pilex. Trabalhar com essa margem de preço é sofrível, e, pra piorar, minha locadora se situa no interior do Rio Grande do Sul e, portanto, não posso contar com os preços de diárias das capitais que gira em torno dos R$ 6,00 ou R$ 7,00 (o que até eu acho caro demais), então trabalho a R$ 3,75 que é o preço que minha cidade aguenta. Sabendo da situação fica a grande pergunta no ar: -Por que a maior parte (uns 90%) dos lançamentos custa R$ 115,00 enquanto os filmes da Warner (Batman, Harry Potter) saem pelo convidativo preço de R$ 44,90? - Acho que tem alguém ganhando algum por fora!! - E, ainda pior, são os filmes nacionais custarem o mesmo preço(115), ou seja, um filme que vem de fora do país custa o mesmo preço de um filme produzido em nosso solo e ainda cheio de patrocínios PQP!! Bom, acho que já deu pra entender o drama das viddeolocadoras, agora vamos a situação do consumidor final.

- Qualidade do Conteúdo dos DVD's:

Pergunto: Porque pagar R$39,90, que é um preço comum de um filme por aí, (tá certo que tem por menos, mas nem sempre é o que você quer) se você pode pagar R$ 3,00 pelo mesmo filme que, às vezes, tem a mesma qualidade que o daquele grandão de R$ 39,90? - Detalhe: conteúdo de uma compra de DVD original: Nota fiscal, embalagem plástica, capa de papel(idêntica a do piratex) e o disco. Aí você para e pensa: - 39 por essa joça?!?! Simples, não tem motivo! E é aí que, na minha opinião, as produtoras estão errando.
No ano passado ganhei de aniversário o DVD do "Batman - O Cavaleiro das Trevas"(uhuu) e eu já sabia quanto ele custava, (R$ 59,90) a grande diferença é que ele veio com uma caneca, disco de material extra e uma camiseta com o coringa estampado na frente (uhuuuu), ou seja, será que se as produtoras fizessem produtos com preços mais acessíveis e/ou com brindes plus nos filmes, e ainda aumentassem a gama de pontos de venda(DVD's à venda em supermercados e outros pontos comerciais) a pirataria não diminuiria?

Fica aberta a discussão - "let the killing begin" - e pra quem quiser discontrair é só ver a primeira parte da campanha.

domingo, 1 de novembro de 2009

Um Pou(r)co de Humor pra Descontrair

Provavelmente poucas (ou talvez nenhuma) dessas afirmações abaixo possui algum rastro de veracidade mas vale a pena desligar a caxola dar umas risadas. ;)

- Se você ficar gritando por 8 anos, 7 meses e cinco dias, terá produzido energia sonora suficiente para aquecer uma xícara de café.
(Não parece valer a pena.)
- Se você tomar luftal constantemente durante 6 anos e 9 meses, terá produzido gás suficiente para criar a energia de uma bomba atômica.
(Agora sim!)
- O coração humano produz pressão suficiente para jorrar o sangue para fora do corpo a uma distância de 10 metros .
(Uau!)
- O orgasmo de um porco dura 30 minutos.Isso mesmo, 30 minutos
(Na minha próxima vida, quero ser um porco!)
- Uma barata pode sobreviver 9 dias sem sua cabeça até morrer de fome.
(Ainda não consegui esquecer o porco)
- Bater a sua cabeça contra a parede continuamente gasta em média 150 calorias por hora.
(Não tente isso em casa; talvez no trabalho!)
- O louva-deus macho não pode copular enquanto a sua cabeça estiver conectada ao corpo. A fêmea inicia o ato sexual arrancando-lhe a cabeça.
('Querida, cheguei! O que é is.....') O porco, não esqueci.
- A pulga pode pular até 350 vezes o comprimento do próprio corpo. É como se um homem pulasse a distância de um campo de futebol.
(Trinta minutos...que porco sortudo! Dá pra imaginar?)
- O bagre tem mais de 27 000 papilas gustativas.
(O que é que pode haver de tão saboroso no fundo de um rio?)
- Alguns leões se acasalam até 50 vezes em um dia.
(Ainda prefiro ser um porco na minha próxima vida...qualidade é melhor que quantidade!)
- As borboletas sentem o gosto com os pés.
(Isso eu sempre quis saber)
- O músculo mais forte do corpo é a língua.
(Hmmmmmmmm.. .)
- Pessoas destras vivem em média 9 anos mais do que as canhotas.
(E se a pessoa for ambidestra?)
- Elefantes são os únicos animais que não conseguem pular.
(E é melhor que seja assim!)
- A urina dos gatos brilha quando exposta à luz negra.
(E alguém foi pago para descobrir isso?!)
- O olho de um avestruz é maior do que o seu cérebro.
(Conheço gente assim)
- Estrelas-do- mar não têm cérebros..
(Conheço gente assim também)
- Ursos polares são canhotos.
(Se eles começarem a usar o outro lado, viverão mais)
- Seres humanos e golfinhos são as únicas espécies que fazem sexo por prazer.
(E aquele porco???)

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Dicas para Coelhos Suicidas

Mesmo sabendo da má e triste fama que nossa Venâncio Aires - RS possui em relação aos suicídios resolvi mostrar que os coelhos também são bons na coisa e botam a maioria dos auto-killers no chinelo. As imagens vieram do site Humor biboz. E desculpem o humor negro, sabe como é né? É que nem braço; uns tem, outros não.