Pesquisa personalizada

terça-feira, 25 de maio de 2010

A Primeira Noite de Um Homem - The Graduate

Dirigido por Mike Nichols (Closer - Perto Demais) o filme que, pra variar, também leva um título sofrível aqui no Brasil, não se trata de um rapaz virgem que segue até o fim da história até ter sua primeira noite de amor. Mas sim de um jovem chamado Benjamin Braddock (Dustin Hoffman) que não sabe o que quer fazer da vida mesmo após ter se formado (daí o título do filme- "O Formando", numa tradução livre) e acaba se envolvendo com uma mulher mais velha, a Sra. Robinson (Anne Bancroft). Relação essa que acaba levando Benjamin a conhecer a filha da Sra. Robinson, Elaine (Katharine Ross), por quem se apaixona desesperadamente mesmo sob as advertências da Sra. Robinson de jamais se envolver com ela.Além do particular comportamento de Benjamin, que às vezes parece um robô pré-programado e outras, um míssil, indo direto aos seus objetivos, o filme mostra, escondido entre um sutil humor, as caras de nossa sociedade que, às vezes, parece criar clones de seus próprios filhos.
Uma comédia romântica bem diferente dos padrões encontrados hoje em nossas prateleiras, mas de uma qualidade tão grande quanto essa diferença. Vale a pena ver e rever.


3 comentários:

Gilberto Train disse...

A comédia romântica definitiva - é o que se pode dizer de "A Primeira Noite de Um Homem". Em tempos onde um embuste do porte de "500 Dias Com Ela" é louvado por sua "honestidade" e "realismo", é bom lembrar que ao menos Mike Nichols realmente conseguiu retratar um romance como ele realmente é, cheio de percalços e caminhos que não não fáceis.

Um grande filme, para o qual o público pasteurizado e que gosta mais é de engolir ilusões (no pior sentido da palavra) de hoje não está preparado.

Anônimo disse...

Aí está um dos clássicos que ainda não assisti. Sei que tem aí na tua locadora, uma hora dessas e pego para sanar essa lacuna.

sandoval

Andressa disse...

Adorei esse filme, só não sei como na epoca gostaram... eles cortaram um pedaço no final p n dar mau exemplo p juventude da epoca! Deve ter ficado bem estranho sem o final... O.o

Postar um comentário