Pesquisa personalizada

domingo, 25 de abril de 2010

Atividade Paranormal

OK, ok, ok, tá certo que "Atividade..." não é nehum grande filme que mereça classificações cinematográficas, porém, vale uma boa postagem devido ao, digamos, misticismo que ele consegue criar nas grandes massas.
Quem acompanha o CulturiFique já sabe que meu ganha pão é uma videolocadora e, devido a tal fato, sou permeado por comentários de todos os tipos sobre os mais variados filmes e "Atividade Paranormal' não é um caso à parte pois desde sua acenção nas conrrentes da tal de internet eu já ouvia o murmúrio de "esse filme é de verdade" (coisa que aconteceu e, acreditem, ainda acontece com "Bruxa de Blair", pois tem gente que insiste em dizer que os acontecinemtos narrados no filme foram reais e só vieram à público porque as autoridades revelaram o conteúdo da fita que curiosamente tem em torno de 80 minutos), porém, quando o filme chegou às minhas prateleiras o murmúrio sobre a veracidade do vídeo aumentou e veio seguido de várias teorias sobre como tudo aconteceu.
Gente o filme é apenas um filme, uma sacada de gênio, diga-se de passagem pois todo o circo custou algo em torno de $15.000,00 e já rendeu milhões em todo o mundo; só o fato de ele ter mais de um final já confirma a não existência dos atos demoníacos presenciados por Katie e seu marido pé no saco.
Deixando as lendas de lado vamos falar sobre o filme em si que é, simplesmente, mais um suspense na linha "Bruxa de Blair" e "[REC]" e que não faz vergonha perante outros filmes do mesmo gênero, pois a trama convence desde o início e vai te carregando em meio a inevitáveis sustos até o aterrador final.
A trama gira em torno do casal Katie e Micah que, devido a incidência de uma entidade sobrenatural começam a ter noites bastante perturbadoras e, devido a tudo isso, Micah tem a idéia de gravar os acontecimentos da casa que acabam revelando verdades assustadoras...
Resumindo, um bom filme de suspense que não ofende mas que também não acrescenta nada mas que vale a pena assistir.

4 comentários:

Gilberto Train disse...

Eu não entendo. Definitivamente, não entendo. Como um filme tão comum, que não apresenta nenhuma novidade e, pior ainda, falha miseravelmente em sua proposta de assustar o público acaba por se tornar o filme mais celebrado do ano pela crítica "descolada"?

"Atividade Paranormal" não passa de uma mistura pouquíssimo original de "A Bruxa de Blair" - esse sim, verdadeiramente original e instigante - com o clássico "O Exorcista". É elogiável que o diretor tenha criado algumas boas imagens e boas trucagens visuais com um orçamento tão enxuto. Pena que, no fim, persista a sensação de lugar-comum e inverossimilhança: a hesitação do protagonista masculino em chamar alguém que realmente possa ajudar somada à certeza de que tem algo de sobrenatural na casa é de lascar - o pensamento que ocorre lá pelas tantas é: "Se esse idiota sabe que tem um demônio à solta na casa, por que ele ainda acha que vai derrotá-lo com gritos de desafio?" Será que ele esperava que o coisa-ruim ficasse com vergonha de atormentar uma pobre moça e fugisse?

O filme todo, fazendo um somatório, não passa de clichês sobre clichês - no pior sentido. Sabemos que muitos filmes de horror vão onde outros já estiveram e, ainda assim, são bem sucedidos, graças à capacidade de usar os velhos princípios de forma original. Infelizmente, até nisso "Atividade Paranormal" fracassa. Quer um bom filme de terror? Assista outra vez "O Exorcista". Vai ser bem melhor.

Marguerita disse...

Tá na lista dos filmes para assistir por assistir.
E no quesito filmes de suspense sou o Pacato do He man!

Tenho medo, mas olho igual!

uahauhuahahuahuauha

Anônimo disse...

Eu ainda não assisti, não me faz a cebaça esses filmes de terror. Mas quem sabe, fica a dica.

sandoval

Andressa disse...

Mas Rob... essa história é real!!! rsrsrsr
Se quer assistir um filme de suspense ou terror tem q ir por ai... esquecer um pouco que esta assistindo um filme e entrar na história. E aproveitar os pulos do sofá!

Postar um comentário